Desabafo

Sabe quando o céu resolve despencar sobre a sua cabeça? Quando nada parece sair como quer? Quando o sol aparece e a única cor que você enxerga é cinza? Tenho certeza que você sabe. Que, em algum momento, já sentiu isso, afinal problemas são normais. Mas, se é mãe, deve ter tirado forças daquela fonte capaz de te fortalecer como nenhuma outra. Filhos.

Eles, com seus olhinhos brilhantes, inocentes e felizes mesmo em tardes literalmente cinzas, nos dão toda a energia para seguir adiante. Mesmo sem saber, eles são bichinhos fortes, capazes de muito mais do que podem vir a imaginar um dia.
Lembro da minha mãe, em períodos dificílimos para ela, sorrindo mesmo triste. Trabalhando mesmo sem ânimo. O rosto não me escondia, mas ela estava brincando, conversando, lutando. Quem não lembra da sua? E dos pais também. Eles lutam, reagem, criam força, viram homens pelos filhos. Lembro do meu fazer tudo por mim quando eu precisei. Sempre esteve lá. Sempre vai estar.

Quando se tem filhos você aprende a ressurgir das cinzas, a não desabar, a permanecer de pé. Me desmintam se puderem e concordem se quiserem. Se você tem um filhote até a dor é diferente, não importa qual seja ela. Você se anestesia. Melhor remédio não há.